segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

A vida secreta dele (quando você não está por perto).


Falar com seu amor várias vezes ao dia, passar o fim de semana inteiro grudadinha nele e até morar na mesma casa faz com que vocês se conheçam cada vez mais. Ainda assim, não dá para ter cem por cento de certeza do que ele faz no trabalho, na companhia dos amigos ou até mesmo quando está sozinho da silva. Será que resiste bravamente ao assédio de uma garota atirada ou se deixa levar? Não lava o copo que usou ou, pior, bebe no gargalo da garrafa mesmo? Conta detalhes do namoro aos amigos? Vasculha suas coisas? Prepare-se para saber a verdade, nada mais que a verdade.

QUANDO CONVERSA COM OS AMIGOS

"Confesso que conto muito mais mentiras se minha namorada não está por perto para me lançar aquele olhar de reprovação. Dou uma aumentadinha no valor do meu salário, valorizo a maneira como reclamei com o chefe, multiplico um pouco a quantidade de vezes que transamos na semana... Tudo ganha uma versão bem mais interessante, mais colorida, mais instigante entre um chope e outro, e não quero que ela corte meu barato."

"Combinei de buscar minha namorada no aeroporto justo no dia do futebol com os amigos. Mas é claro que dei uma desculpa mais elaborada aos meus companheiros de bola: aleguei ter um jantar de negócios com o diretor da empresa onde trabalho. Se contasse o real motivo, seria tachado de pau-mandado. E se a Ana soubesse, então, ia rolar DR na certa."

"Conto aos meus amigos todas as brigas bobas que tive com a minha gata e peço que avaliem quem estava certo e quem estava errado na história. Obviamente, sempre dou a minha versão dos fatos - o que acaba rendendo votos a meu favor. Uma vez, falei que ela fez um escândalo absurdo depois de ter encontrado algumas fotos da ex nas minhas coisas. Só omiti deles, claro, que a moça estava nua."

SÃO E SALVO NA CASA DELE

"Minha namorada fica horas na frente do espelho, checando se o bumbum está caído ou procurando algum defeito. Ela nem imagina que, quando vai embora, também fico medindo meu corpo para ver se está tudo ok."

"O que um homem faz quando vocês não estão por perto? Tudo o que as incomoda multiplicado por dez. Por exemplo: beber além da conta, usar deus-sabe-o-quê como toalha. E, no meu caso, acompanhar dois jogos de futebol ao mesmo tempo, um no rádio, outro na tevê."

"Pego uma tesoura e aparo todas as regiões do meu corpo que ela pensa terem pouco pelo: bumbum, costas e testículos. É um contorcionismo tentar alcançar essas áreas!"

"Ligo para minha mãe muito mais vezes do que digo à minha namorada. Sinto falta dela. Chegamos a conversar por mais de uma hora, só para colocar o assunto em dia."

"Quando minha mulher sai, eu me sinto livre para soltar gases. É automático."

"Toda vez que peço pizza com minha garota, fico imaginando o que ela pensaria de mim se soubesse do meu lado glutão. Na sua frente, como dois pedaços. Mas quando estou sozinho devoro uma inteira temperada com pimenta ou mostarda escura."

ENTRE AS QUATRO PAREDES DO TRABALHO

"Minha namorada surtaria se soubesse que eu já tive sonhos eróticos com minhas colegas. Quando você passa 45 horas por semana no escritório, qualquer pessoa que use saia vira objeto do seu desejo."

"Meus chefes não sabem da existência da minha namorada. Para ganhar a admiração deles, banco o solteiro pegador. Toda vez que perguntam como foi meu fim de semana, invento uma aventura sexual com uma garota diferente. Eles já não estão mais no mercado porque são casados e se divertem com as minhas histórias."

"Por vários anos, paquerei a chefona do meu departamento só para que ela me passasse informações quentes do alto escalão da empresa. Morreria de vergonha se minha namorada soubesse dessa jogada. Ela nunca olharia para mim da mesma maneira!"

"Estava pleiteando um aumento e tive a seguinte ideia: armar uma viagem com minha namorada e pedir a um colega para comentar no escritório que eu faria uma entrevista de emprego no Rio de Janeiro. Deu certo. Meu superior me ligou dizendo que tinha conseguido um bônus para mim. A Gabi não entendeu nada quando meu chefe perguntou se ela estaria preparada para ir morar no Rio de Janeiro se fosse necessário."

NA PRESENÇA DE UMA MULHER ATIRADA

"Uso a regra da distância: se a minha namorada está a menos de 100 quilômetros, finjo que não é comigo. Se ela está a mais de 100 quilômetros, eu me apresento!"

"Toda vez que vou a um barzinho sem a minha namorada, ela me pergunta se tinha alguma mulher na mesma mesa que eu. Se respondo que não, escuto que estou mentindo. Se falo que a garota era feia, continuo desacreditado. Minha estratégia? Digo sim e comento que a fulana se parecia com alguém que minha gata considera menos interessante do que ela (uma colega do trabalho esquisita, uma amiga barriguda...). Isso faz com que ganhe sua competição imaginária em vez de iniciar uma crise de ciúme."

"Se costumo paquerar a funcionária de um café, uma livraria ou danceteria, evito a todo custo aparecer naquele lugar com a minha namorada. Minha estratégia? Comento que fui mal atendido uma vez e não quero nunca mais voltar. Assim fico livre de ser enquadrado por uma ou outra."

SOZINHO NO SEU TERRITÓRIO

"Quando começo a namorar uma garota, faço de tudo para vasculhar as fotos dela. Meu objetivo? Saber se seus ex-namorados são mais bonitos que eu, conferir se amigas são gostosas e se a mãe dela continua em ordem. Assim, tenho uma prévia do que posso esperar dela no futuro."

"Uma vez, enquanto minha namorada estava no banho, experimentei uma calcinha fio-dental dela só para ver como era a sensação de vestir algo tããão pequeno. Olha, foi difícil fazer entrar - fora o incômodo! Tratei de tirar rapidinho, antes que passasse por pervertido."

"Tenho medo de me apaixonar por mulheres interesseiras, que empurram tudo para o cara pagar. Então, sempre dou um jeito de olhar os extratos bancários e outras contas da moça com quem estou saindo. Uma delas vivia reclamando da mensalidade da faculdade, que considerava caríssima. Dizia que nunca tinha dinheiro por causa disso. Acreditei, até abrir uma fatura do cartão de crédito e constatar que ela torrava o salário com roupas caras. Terminei no mesmo dia."

NO BANHEIRO OU NA COZINHA

"A garota com quem estou saindo não pode saber que, na casa dela, já guardei copo no armário sem lavar. E, às vezes, para poupar trabalho - e fazer um bem ao meio ambiente, oras - bebo refrigerante no gargalo mesmo."

"Estava tomando banho na casa dela e usei a esponja para limpar o rejunte do azulejo."

"Às vezes, viro minhas cuecas do avesso para usar de novo sem precisar lavar. E, uma vez, passei duas semanas sem nenhum rolo de papel higiênico em casa. Por isso, só usava o banheiro do trabalho e da academia."

"Não convidava minha gata para dormir em casa porque o ralo do boxe do banheiro estava entupido - a água demorava cerca de 12 horas para escoar. Só quando a sujeira começou a subir é que chamei um encanador. Aí fizemos uma festinha no apê."

SOZINHO COM ELAS, NÃO!

Você não imagina, mas nós já imaginamos o que pode acontecer com seu namorado na presença destas mulheres abaixo. Elas podem instigá-lo a ter outras atitudes de cair o queixo. Para não correr riscos, afaste-o desse terreno minado. Saiba por quê.

A GATA DO PEDAÇO

Digamos que ele tenha uma amiga de infância ou prima que mais parece uma deusa, uma top model. Só o fato de ser visto com essa garota estonteante, mesmo que não tenha nenhuma ligação amorosa com ela, faz com que a cotação do seu lindo suba no mercado das solteiras. Quanto mais concorrentes, mais trabalho dará a você.

A ÓTIMA OUVINTE

O corpo dessa moça pode não ser nada de mais, mas o talento para vibrar com as histórias dele é um perigo! Afinal, quando seu homem estiver precisando de uma turbinada no ego, sabe que pode recorrer a ela - quando deveria ser a você. Abra os olhos e os ouvidos.

SUA AMIGA BÊBADA

Se ela não consegue nem dirigir, nada de promover seu namorado fofo ao posto de motorista particular. O risco: a mulher pode cair por cima dele... sem querer querendo! E ainda usar todos os segredos que sabe sobre você a favor dela. Para o bem do seu namoro, chame um táxi.

2 comentários:

  1. Só Jesus na causa...huahuaaaaaaa

    ResponderExcluir
  2. Toc,toc,toc...
    Têm alguém em casa?
    Ou sairam pras férias?
    Desde 14 de dezembro, ora pois...

    ResponderExcluir